DISSÍDIO COLETIVO ESTÁ PRÓXIMO?

Nesta quinta-feira (14), o sindicato dos Farmacêuticos de Brasília protocolou ofício junto à Procuradoria do Trabalho da décima região, informando que a última contraproposta da representação patronal nada mais é do que uma forma de protelar as negociações em andamento. Recentemente, o presidente do sindicato dos farmacêuticos, Eduardo Rodrigues de Alvarenga, participou de uma reuniãoContinuar lendo “DISSÍDIO COLETIVO ESTÁ PRÓXIMO?”